quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Instalação do RackTables em CentOS 7

Introdução

O RackTables é uma ferramenta fantástica para gerenciamento de toda a sua infraestrutura  de redes física e lógica, permite gerenciar Ranges de IPs, VLANs, Racks, Servidores, etc. Na página oficial existe um demo. Quem me falou dessa ferramenta foi meu grande amigo Rubens Zolotujin.

Ponto de partida

Eu parto do princípio que você já possui um Servidor CentOS 7 Básico.

Pré-Requisitos

Vamos suprir as dependências:
# yum install php-common php-cli php-ldap php-snmp

Reinicie o apache para que ele relei os novos módulos:
# service httpd restart

Instalação

A instalação é bastante simples, primeiro vamos fazer o download da última versão estável do software e descompactá-lo.
# cd /install
# wget http://downloads.sourceforge.net/project/racktables/RackTables-0.20.11.tar.gz

# tar -xzvf RackTables-0.20.11.tar.gz

O último passo é copiar o diretório com os arquivos php para o diretório padrão do CentOS.
# cp -r RackTables-0.20.11/wwwroot/ /var/www/html/racktables

Criar a base de dados

Vamos criar a base de dados que será posteriormente populada.
# mysql -uroot -p
MariaDB [(none)]> CREATE DATABASE racktables;

MariaDB [(none)]>GRANT ALL ON racktables.* TO rackuser@localhost IDENTIFIED BY 'rackpw';
MariaDB [(none)]>FLUSH PRIVILEGES;
MariaDB [(none)]>QUIT

Instalação da Interface Gráfica

Para iniciar a instalação vamos abrir todas as permissões do diretório.
# chmod -R 777 /var/www/html/racktables/

Abra no navegador o endereço http://IP_do_Servidor/racktables
A mensagem de erro é normal, clique em here.
No passo 1 de 7, clique em proceed.
No passo 2 de 7, não se preocupe com a ausência do módulo PCNTL e nem com o fato de não estarmos usando https, clique em proceed. Leia sobre as implicações do PCNTL antes de habilitá-lo, quanto ao https pode (e deve) ser corrigido posteriormente.
No passo 3 de 7 recebemos uma mensagem de erro, que já traz os comandos necessários para resolver o problema.
# touch '/var/www/html/racktables/inc/secret.php'; chmod 666 '
/var/www/html/racktables/inc/secret.php'

Clique em retry. A tela muda e precisamos preencher as informações com as credencias do banco e clicar em retry.
O passo 3 é concluído com sucesso e podemos continuar, clique em proceed.
No passo 4 de 7 recebemos uma mensagem de erro, que já traz os comandos necessários para resolver o problema. Porém no CentOS não existe o grupo "nogroup" e sim o "nobody", então temos que mudar esse detalhe. 
# chown apache:nobody /var/www/html/racktables/inc/secret.php; chmod 400 /var/www/html/racktables/inc/secret.php 
Clique em retry. O passo 4 é concluído com sucesso e podemos continuar, clique em proceed.
No passo 5 de 7 a base de dados é populada, clique em proceed.
No passo 6 de 7 você deve setar a senha de administrador e clicar em retry.
O passo 6 é concluído com sucesso e podemos continuar, clique em proceed.
No passo 7 de 7 você é parabenizado e pode clicar em retry.
Tela de autenticação, entre com o usuário admin e com a senha cadastrada. Clique em OK.
Tela principal do RackTables

Referências

Wiki do RackTables
Unixmen

Nenhum comentário: